SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO | OUVIDORIA
Acessibilidade:

Portal da Transparência

PREFEITURA MUNICIPAL DE CALDEIRÃO GRANDE DO PIAUÍ

Transparência

Bem vindo a CALDEIRÃO GRANDE DO PIAUÍ/PI

História

INFORMAÇÕES DE CALDEIRÃO GRANDE DO PIAUÍ

...

Histórico Depois de uma longa e árdua luta pela emancipação política e administrativa do povoado de Caldeirão Grande, cujo o distrito pertencia ao município de Fronteiras, finalmente no dia 22 de abril de 1992, foi realizada a consulta plebiscitária. Pela vontade livre e soberana da maioria dos eleitores, a tão sonhada liberdade foi alcançada, com aprovação de 98% das pessoas consultadas. Por intermédio da lei estadual nº 4.477, de 29 de abril de 1992, foi criada oficialmente o novo município de Caldeirão Grande do Piauí, que teve o seu primeiro prefeito eleito no dia 03 de outubro do mesmo ano e empossado solenemente em 1º de janeiro de 1993. Tratava-se do agropecuarista e líder político, José Gonçalves dos Santos, pertencente aos quadros do PPB – Partido Progressista Brasileiro. O atual prefeito é o comerciante José Rodrigues Damasceno, o popular Zé de Juraci, também do PPB. Segundo historiadores, o município tem como origem a Fazenda Caldeirão, de propriedade do Sr. Clarindo Dias Neto. Com a construção da capela de São José, a localidade passou a ser chamada de São José do Caldeirão e, quando passou à categoria de povoado, pertencente ao município de Fronteiras, foi com no nome de Caldeirão Grande. O município tem esse nome por ser rodeado de Serras com formações rochosas formando um imenso caldeirão, nome dado as locas de pedras onde junta água durante o inverno. A serra que circunda a cidade chama-se "Serra de Cocos" por ter bastante coqueiros Catolé e formações rochosas interessantes que merecem um estudo específico. Gentílico: caldeirão grandense Formação Administrativa Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Caldeirão Grande, pelo artigo 35, inciso II, do ato das disposições constitucionais transitórias, da constituição estadual de 0510-1989, com topônimo, área territorial e limites estabelecidos pela lei estadual nº 4477, de 29-041992, desmembrado de Fronteiras. Sede no atual distrito de Caldeirão Grande do Piauí ex-povoado de Caldeirão Grande. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1993. Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005. O nome é uma referencia a forma de relevo constituido por uma grande serra que circunda a cidade e dai surgiu a expressão caldeirão grande.Tendo como limites os municípios de Fronteiras ao norte, ao sul com Marcolândia e o Estado do Pernambuco, a oeste com Alegrete do Piauí e Francisco Macedo, a leste com os ados do Ceará e Pernambuco. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE CALDEIRÃO GRANDE DO PIAUÍ

História

INFORMAÇÕES DE CALDEIRÃO GRANDE DO PIAUÍ

...

Histórico Depois de uma longa e árdua luta pela emancipação política e administrativa do povoado de Caldeirão Grande, cujo o distrito pertencia ao município de Fronteiras, finalmente no dia 22 de abril de 1992, foi realizada a consulta plebiscitária. Pela vontade livre e soberana da maioria dos eleitores, a tão sonhada liberdade foi alcançada, com aprovação de 98% das pessoas consultadas. Por intermédio da lei estadual nº 4.477, de 29 de abril de 1992, foi criada oficialmente o novo município de Caldeirão Grande do Piauí, que teve o seu primeiro prefeito eleito no dia 03 de outubro do mesmo ano e empossado solenemente em 1º de janeiro de 1993. Tratava-se do agropecuarista e líder político, José Gonçalves dos Santos, pertencente aos quadros do PPB – Partido Progressista Brasileiro. O atual prefeito é o comerciante José Rodrigues Damasceno, o popular Zé de Juraci, também do PPB. Segundo historiadores, o município tem como origem a Fazenda Caldeirão, de propriedade do Sr. Clarindo Dias Neto. Com a construção da capela de São José, a localidade passou a ser chamada de São José do Caldeirão e, quando passou à categoria de povoado, pertencente ao município de Fronteiras, foi com no nome de Caldeirão Grande. O município tem esse nome por ser rodeado de Serras com formações rochosas formando um imenso caldeirão, nome dado as locas de pedras onde junta água durante o inverno. A serra que circunda a cidade chama-se "Serra de Cocos" por ter bastante coqueiros Catolé e formações rochosas interessantes que merecem um estudo específico. Gentílico: caldeirão grandense Formação Administrativa Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Caldeirão Grande, pelo artigo 35, inciso II, do ato das disposições constitucionais transitórias, da constituição estadual de 0510-1989, com topônimo, área territorial e limites estabelecidos pela lei estadual nº 4477, de 29-041992, desmembrado de Fronteiras. Sede no atual distrito de Caldeirão Grande do Piauí ex-povoado de Caldeirão Grande. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1993. Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005. O nome é uma referencia a forma de relevo constituido por uma grande serra que circunda a cidade e dai surgiu a expressão caldeirão grande.Tendo como limites os municípios de Fronteiras ao norte, ao sul com Marcolândia e o Estado do Pernambuco, a oeste com Alegrete do Piauí e Francisco Macedo, a leste com os ados do Ceará e Pernambuco. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE CALDEIRÃO GRANDE DO PIAUÍ